Resenha: Amante Eterno (I.A.N.), J.R. Ward








Título: Amante Eterno
Série: Irmandade da Adaga Negra (IAN) - Vol. 2
ISBN: 9788579300844
Autor(a): J. R. Ward
Ano: 2010
Editora: Universo dos Livros
Número de páginas: 447

Impróprio para menores de 18 anos
_______________________________________

SINOPSE:
Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta. Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está em busca de amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás, mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E, enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama. 

Bom, o livro tem a capa seguindo a mesma proposta de amante sombrio, como dá para perceber! E o título vem em um pequeno 'Alto Relevo'. A diagramação é relativamente simples. A única diferença notável é que as primeiras palavras de cada capítulo são na cor cinza e com o tamanho da fonte um pouco maior que do restante do texto. As páginas são amarelas, enfim... segue basicamente a mesma linha do primeiro livro da série, Amante Sombrio. Gostei bastante disso por parte da editora, coerência é tudo! :D

Mas vamos ao que interessa... O livro em si... O conteúdo!
Bom, Rhage é descrito como um gato! Desses de parar o trânsito, e isso é deixado bem claro durante todo o livro, sem brincadeira, do começo ao fim! Já Mary, me pareceu uma mulher com aparência bem mediana, mas atraente em seu jeito de ser! Mary me conquistou com sua luta, realmente é uma guerreira! E Rhage, se transforma em um homem super amável e sensível!Os dois formaram um casal muito legal... No inicio, sem conseguir se entenderem direito, mas depois... Perfeição é pouco para descrever a relação deles!

Outro romance, que não Rhage-Mary,  foi lançado nesse livro,  tenho que confessar que desconfio que essa novidade é meu romance preferido na saga, mas isso vamos ver com o tempo! O que importa é que em meio as inúmeras surpresas que acontecem nesse livro, a ação e o romance, continuam de mãos (super) dadas!

A Autora é incrivelmente habilidosa na arte de envolver o leitor, seduzí-lo com esses irmãos lindos e ferozes na defesa de suas mulheres! Suas Shellans! Seus amores!

Tenho que confessar que não gosto muito das partes dos livros em que são mostrados os redutores, apesar de entender que o livro fica muito mais rico e 'entendível' com esses trechos, mas minha ansiedade para saber qual seria o próximo empecilho para o casal principal era tão grande, que me dava nos nervos ter que ler tudo aquilo sobre os redutores chatinhos!

Outra coisa que não gostei muito, mas que compreendo já que é um livro com muitos personagens, foi que O Rei e sua Shellan (Beth) mal aparecem durante o livro, Wrath aparece um pouco mais, mas Beth apareceu apenas uma ou duas vezes durante todo o livro! Mas enfim, como já comentei, eu até que compreendo!

Bom, no fim, o drama toma um pouco conta! Por vários ângulos da história. E assumo que meus olhos marejaram várias vezes! E em algumas tive que conter as lágrimas para que não rolassem!

Outro comentário que tenho que fazer é que esse livro é muito Hot gente! Sério! Ainda mais do que o o primeiro! Esse é super sensual, romântico e inesperado! Muito bom!

Durante minha leitura, separei um milhão de trechos do livro que achei que mereciam ser mostrados aqui, mas acabei excluindo a maioria por que tinham um pouco de spoiller, acabei deixando só esses dois... digamos que serão algum tipo de meus trechos preferidos! :D

"Mary espiou por trás do peito de Rhage e viu uma mulher descendo a escadaria. Parecia completamente normal: cabelos longos escuros, jeans e uma blusa branca de gola rolê [...], quando ela se aproximou do grupo de homens, todos lhe abriram caminho [...], Ela os afugentou do vestíbulo com facilidade, ignorando o fato de se tratarem de uns durões mal-encarados 
[...]
- Não se preocupe. Tudo ficará bem. A proposito, sou Beth [...]"  -   (pags. 204 e 205)

"-E quanto tempo você levou para marcar Beth como sua? Vinte e quatro horas? Ah, claro, esperou dois dias. Sim, ainda bem que levou um tempo pensando no assunto."   -   (pag. 209)

Bom, AMEI o livro! Recomendadíssimo, a série toda, na verdade! Acho que a IAN está se tornando minha série preferida! É totalmente enebriante esse clima vampiresco criado pela J. R. Ward, diferente das histórias de vampiros que eu estava acostumada! E muito melhor, tenho que dizer! :P
Não deixem de ler!!

CLASSIFICAÇÃO
Muito bom
Muito Hot


O(A) Autor(a):

O(A) Autor(a): 
Os fãs de romances envolvendo vampiros e humanos como as séries Crepúsculo e Diários do Vampiro podem comemorar, pois a Universo dos Livros está trazendo ao país os romances da J.R.Ward, autora best-seller do The New York Times e uma das mais cultuadas autoras do gênero no mundo todo, tendo uma quantidade já significativa de comunidades de fãs no Brasil, mesmo sem ter ainda seus livros publicados em português.


E aí?! Gostaram? Comentemmm! :D:D 
Beijos

3 comentários:

  1. Acho que sou o único ser na terra que não suporta a saga IAN! rs

    Beijos, fofa! Seu blog ficou bem melhor nesse lay! :)

    Gleice

    ResponderExcluir
  2. @Gleice Couto
    Realmente essa saga ou você ama ou odeia! shuhsuahsuhsua!!!!
    A J. R. Ward tem uma escrita bem peculiar!!!

    :D
    Tb adorei esse lay... brigadaaa!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Esse é o único livro da série que eu já li, e adorei, o enredo e super interessante.
    *bye*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...