Resenha: Os legados de Lorien - O poder dos seis (Pittacus Lore)


Título: O poder dos seis
ISBN: 9788580571219
Autor(a): Pittacus Lore
Ano: 2011
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 319

___________________

Oi gente... esse livro eu comprei pela Estante Virtual e ele veio super embaladinho, todo perfeitinho! Adorei!!

Tava doida pra ler, pois adorei o primeiro livro da série e depois de ver muitos comentários dizendo que este superava o primeiro, já viu né?! Mas já tava com muitos livrinhos de banca para ler (que eu amo) então fui lendo um atrás do outro e 'O Poder dos Seis' foi ficando para depois, até que criei vergonha na cara e decidi comprar logo e ler de uma vez! Aí vai a sinopse:

aspas
Na série Os legados de Lorien, o planeta Lorien foi destruído pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Somente nove crianças e seus guardiões sobreviveram e exilaram-se na Terra. As crianças
são a Garde de Lorien: o grupo de lorienos dotados de poderes sobre-humanos, os Legados, e responsável pela proteção de sua raça. Os mogadorianos, porém, seguiram até a Terra para caçá-los, e três já foram encontrados.
Em O poder dos seis, o segundo volume da série, John, a Número Seis e Sam continuam em fuga após a grande batalha contra os mogadorianos. Escondida em um convento na Espanha, Marina, a Número Sete, tenta acompanhar as notícias sobre John. Convencida de que ele é o Número Quatro, Marina está ansiosa para descobrir onde estão os outros lorienos, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.

Preciso comentar que as capas da série não são lá as melhores... Não gostei da capa do primeiro e muito menos da do segundo livro, mas como já sabia que a serie é muito boa, não fez muita diferença dessa vez!

Me surpreendi logo de cara pois o livro já começa sendo narrado por uma nova personagem, totalmente desconhecida, chamada Marina, a numero sete! Fiquei com um medinho de que John e Seis só aparecessem no final, mas alguns capítulos lidos eis que surge uma nova narração, dessa vez pela perspectiva de John, e isso foi realmente um alivio para mim, pois seria muito desanimador ter lido todo o primeiro livro contando a historia de John e no segundo não ter uma participação efetiva dele na história, mas ainda bem que não foi isso o que aconteceu!

A narração de Marina é muito boa, e conta, de forma super convidativa, sua vida até os dias atuais. Ao mesmo tempo John narra suas fugas junto com Sam e Seis pelos Estados Unidos, ainda apaixonado por Sarah, mas sem deixar de notar Seis.
O livro é narrado pelas duas partes como se estivessem (e estão) em uma corrida contra o tempo, e os episódios de pura ação vão evoluindo junto com os personagens de forma muito bem elaborada e consistente.

Não dá pra deixar de notar a força e carisma de Seis, que, diferente da Seis do filme, aparenta ser bastante simpática, e até meiga as vezes! E muito, muito forte!!

Chegando ao fim do livro, assim como em 'Eu sou o número quatro', o livro começa a ficar cheio de cenas de ação de todos os lados da narrativa, e chegou a me deixar quase que sem fôlego.

Cheio de romance, traição, ação, surpresas, e tristeza, 'O poder dos seis' me deixou bastante satisfeita, e concordo que chega a superar 'Eu sou o número quatro'. Amei o livro!

CLASSIFICAÇÂO
Ótimo


O(A) Autor(a):
Pittacus Lore é um pseudonimo usado pelos autores James Frey e Jobie Hughes Pittacus Lore aparece no primeiro livro da série como um ancião do planeta Lorien. James Frey envolveu-se em um escandalo após descobrirem que seu livro 'A Million Little Pieces' (Livro que supostamente contava memorias de seu tratamento para alcoolismo) continha na verdade 'A Million de' partes inventadas. O autor tem outros títulos publicados. Jobie Hughes começou a escrever as 24 anos aos 27 ingressou na Columbia University School of the Arts se graduado em 2009 com mestrado em ficção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...